Psicóloga Adriana Fernandes » Pais e filhos » Sete benefícios da inteligência emocional para pais

Sete benefícios da inteligência emocional para pais

Por Adriana Fernandes   |   Publicado: 19/08/2020 às: 12:22   |   Atualizado: 16-10-20 às: 17:37

“ A inteligência emocional proporciona aos pais segurança e equilíbrio no processo de educar os filhos emocionalmente.”

Inteligência emocional

Inteligência emocional é a capacidade de reconhecer emoções  e aprender a lidar com elas de maneira mais assertiva.

Ao adquirir  inteligência emocional, os pais  têm maior probabilidade de lidar com suas emoções e ajudar os filhos  nesse processo de autoconhecimento.

Abaixo citamos sete benefícios que ajudarão os pais  nessa  jornada de conhecer um pouco sobre si mesmo e aprender a administrar de maneira positiva suas emoções.

 

Sete benefícios  da inteligência emocional

 

 

1. Maior conhecimento de suas emoções

 

Aprender sobre as suas próprias emoções têm uma vantagem muito grande para os pais em vários aspectos.

Primeiramente porque os pais passam a conhecer melhor sobre suas emoções e aprendem a melhor lidar com elas.(Autoconhecimento).

Conhecer a si mesmo é fundamental para que tenhamos uma vida mais equilibrada e positiva.

O autoconhecimento pode se tornar uma ferramenta muito importante na vida dos pais, pois ele nos leva a entender sobre nossas emoções, nosso jeito de ser e de se comportar.

O autoconhecimento e a consciência são produtos sociais, ou seja, eles são adquiridos em contato com o outro, nas nossas relações.

 

2. Melhor controle de suas emoções

 

Nosso corpo dá sinais quando estamos começando a perder o controle da situação. Desenvolver inteligência emocional nos permite perceber quando a raiva, por exemplo, está tomando espaço e agir antes que ela tome proporções maiores.

Se você percebe que está muito irritado e sente que não está em condições de falar com o seu filho, respire um pouco, se precisar saia de cena. Mantenha o controle das suas emoções e em outro momento retome a conversa.

Muitas vezes pensamos que as coisas precisam ser ditas no calor da emoção, porém, palavras ditas sem pensar podem trazer muita dor, culpa e vergonha para ambos os lados.

 

 

3. Desenvolvimento de uma comunicação mais positiva

 

Todos têm necessidades de se comunicar. É através da comunicação que expressamos nossos desejos, emoções e sentimentos.

Quando os pais decidem por uma comunicação positiva no lar, a criança se sente mais segura para expressar suas dificuldades, seus medos e temores porque sabe que será acolhida e compreendida.

Um passo importante para desenvolver a inteligência emocional no lar passa pela via da comunicação respeitosa.

O que seria uma comunicação respeitosa? Comunicação respeitosa é aquela que consegue separar o comportamento da criança em si , evitando os rótulos.

Rotular uma criança pode trazer sérios prejuízos para sua autoestima e autoconfiança.

Quando os pais têm como foco corrigir o comportamento, as crianças percebem que mesmo sendo corrigidas, ainda continuam senso amadas por seus pais.

 

 

4.  Maior compreensão dos sentimentos dos filhos.

 

 Quando os pais têm um melhor conhecimento sobre suas emoções e aprende a lidar com elas, fica mais fácil acolher os  filhos quando os mesmos se encontram com raiva, irritados, tristes, magoados.

Através da inteligência emocional os pais aprendem:

* A dominar as áreas da emoção;

*Adquirem maior  sensibilidade ao trabalhar as emoções e sentimentos dos filhos;

*Desenvolvem maior segurança ao instruir  seus filhos e impor limites quando necessário.

 

 

5. Desenvolvimento do  sentimento de empatia.

 

 Empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro. É dizer e demonstrar através de atitudes que você se importa e quer ajudar de alguma forma.

Empatia é um sentimento que possibilita a conexão entre as pessoas e isso é de extrema importância dentro do lar e na relação pais e filhos.

Quando existe um sentimento de empatia por parte dos pais, os mesmos passam a melhor acolher as emoções dos seus filhos      e a corrigi-los quando necessário, de forma  justa e equilibrada.

Percebe como desenvolver inteligência emocional no lar abre portas  para estreitar os laços de companheirismo e maior compreensão entre pais e filhos?

A empatia é um sentimento que traz uma maior conexão entre os membros da família, permitindo que sentimentos de    respeito, solidariedade, compreensão se façam presentes  estreitando  o vínculo entre pais e filhos.

 

6. Maior responsabilidade e maturidade emocional

 

Ao desenvolver inteligência emocional os pais passam a ver as emoções negativas dos filhos como uma oportunidade para criar vínculo com os mesmos.

Tem um controle maior de suas emoções e através do seu modelo de vida se torna um referencial  para seus filhos.

Tornar-se um referencial não isenta os pais de cometerem erros. O importante é reconhecer quando sentir que foi injusto com os filhos, pedir perdão e procurar agir de forma correta.

 

 

7.  Saber impor limites quando necessário

 

Quais são seus valores? Em que você acredita?

Quando os pais têm firmeza sobre os seus valores e qual  “herança” desejam deixar para seus filhos, agem de acordo com esses valores porque sabem que é o melhor que podem oferecer e que, tais valores irão conduzir a vida do filho.

Não basta impor limites. É preciso acompanhar a criança. Ajudá-la a resolver seus problemas.

Só se consegue impor limites com segurança quando conhecemos mais sobre nós mesmos, sobre nossa maneira

de ser,de se comportar e de educar.

A inteligência emocional proporciona aos pais, conhecimento, equilíbrio e firmeza na hora de educar os filhos.

 

Deixe o seu comentário!*

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. LEIA OS TERMOS DE USO.

  • Especialidades

  • Pais e filhos

  • Autoconhecimento

  • Projetos

  • Contato

  • Adriana Fernandes da Silva
    CRP 04/39812

     

    Tel.: |31| 9 9722-0257

     

    Rua dos Guajajaras, 880
    sala 1701
    Lourdes
    Belo Horizonte – MG

     

    ATENDIMENTO

    Quintas-feiras
    das 08:00 as 12:00 e das 13:30 as 18:00.
    Sextas-feiras
    das 14:00 as 17:00.

     

     

  • Redes sociais

  • Facebook
  • Nome
    E-mail
    Telefone
    Mensagem

    Copyright © 2017-2020 - Psicóloga Adriana Fernandes