Psicóloga Adriana Fernandes » Autoconhecimento » O que é dependência emocional?

O que é dependência emocional?

Por Adriana Fernandes   |   Publicado: 17/09/2020 às: 23:00   |   Atualizado: 29-09-20 às: 18:28

Dependência emocional

Dependência emocional é quando você coloca alguém como o centro da sua vida, a ponto de acreditar que não conseguiria viver sem essa pessoa. É quando você deixa de ser quem é para viver exclusivamente em prol do outro.

Uma relação de dependência emocional pode ocorrer nos mais diversos tipos de relação entre eles,  pais e filhos, namorados, Cônjuges, e até mesmo entre amigos.

Todos  nós precisamos de pessoas que estejam ao nosso lado. É o que chamamos de rede de apoio. São pessoas do nosso convívio que nos dá o devido suporte quando nos sentimos vulneráveis, ou quando precisamos de uma palavra amiga, ou até mesmo um conselho.

Relacionamentos assim são saudáveis, afinal somos seres criados para nos relacionarmos. Ninguém vive isolado sem precisar da ajuda de alguém.

O grande problema é quando esse relacionamento se torna tóxico, aponto da pessoa  não conseguir fazer nada sem a presença ou  a aprovação do outro.

A pessoa que tem dependência emocional vivencia as relações de forma muito intensa, ficando completamente dependente da presença e da aprovação do outro, se anulando completamente, perdendo assim, sua individualidade.

A dependência emocional é prejudicial tanto para a pessoa dependente emocionalmente, quanto para a pessoa que reforça tal comportamento .

Nessa relação, ambas as partes  podem acabar caindo em uma armadilha emocional acarretando assim, sérios prejuízos emocionais, entre outros.

 

Quais são as características mais comuns na dependência emocional?

 

Há vários comportamentos que podem sinalizar  dependência emocional. Entre eles estão:

 

*Dificuldade em dizer não ou ter uma opinião contrária por medo de rejeição;

*Dificuldade em tomar decisões das mais simples as mais complexas;

*Necessidade excessiva de ser cuidado;

*Possui sentimentos de inferioridade;

*Ciúme exagerado;

*Necessidade excessiva por atenção;

*falta de interesse por outras amizades e relacionamentos;

*Incapacidade de sentir-se bem sozinho;

*Comportamento possessivo e controlador;

*Insegurança nos relacionamentos;

*Baixa autoestima;

*falta de ânimo para realizar suas próprias atividades;

 

Por que acontece a dependência emocional?

 

A dependência emocional é uma necessidade gritante de ser amado e, aceito. Podemos dizer que é uma falta que se “instala” na vida do indivíduo e que pode ter  como causa a qualidade das relações  que o indivíduo foi aprendendo ao longo da sua história.

A origem da dependência emocional pode estar relacionada na qualidade do vínculo que foi estabelecido entre pais e filhos.

Toda criança precisa se sentir amada, cuidada e protegida. Isso é essencial para que a criança desenvolva sua autoestima e autoconfiança, porém, quando há uma superproteção por parte do adulto, ou quando esse vínculo não aparece de forma saudável, a criança poderá desenvolver sérios problemas emocionais.

Os pais, devem criar vínculos saudáveis com seus filhos e conduzirem os mesmos para que desenvolvam sua autonomia, e, para que isso aconteça, é necessário  ama-los incondicionalmente  e abrir espaço para que cometam erros, cresçam e se tornem independentes emocionalmente.

 

Como posso superar a dependência emocional?

 

Superar a dependência emocional  passa por um processo  de autoconhecimento que te possibilitará conhecer mais sobre você mesmo, identificar e mudar o que impede o seu crescimento emocional.

 

*Autoconhecimento

 

Para que seja possível  mudar comportamentos, primeiramente preciso ter consciência do que  preciso mudar, para então, ir em busca dessa mudança.

Questionar suas atitudes também podem ajudá-lo a ter uma melhor compreensão sobre sua maneira de se comportar.

Perguntas como: O que está me levando a manter determinado comportamento? Como as pessoas reagem quando me comporto dessa maneira? Como me sinto quando as pessoas pontuam esse meu comportamento? Por que estou agindo dessa maneira? O que posso fazer para mudar? De que maneira posso trabalhar minhas emoções?

O autoconhecimento amplia nossa visão sobre nós mesmos e sobre o mundo. A auto-observação é fundamental para que tenhamos uma percepção maior sobre nossos comportamentos e a maneira como nos relacionamos com os outros.

 

*Trabalhe sua autoestima

 

Autoestima é o quanto  reconheço o meu valor como pessoa, e o quanto eu acredito em mim mesma. Uma pessoa que tem consciência do seu valor e lugar no mundo, não tem necessidade de implorar amor e atenção de ninguém.

Uma pessoa que tem autoestima compreende que o seu papel nos relacionamentos não é de dependência, mas de liberdade.

Liberdade para ser você mesmo  e estabelecer limites quando perceber que o outro não está compreendendo sua mensagem.

 

*Desenvolva sua autoconfiança

 

Autoconfiança tem a ver com comportamentos bem sucedidos. Toda vez que você realiza algo e é bem- sucedido, sua autoconfiança aumenta.

Cada vez que sua autoconfiança sua fé em você mesmo aumenta. você se sente capaz, e gradualmente, vai descobrindo suas potencialidades.

 

*Assuma as rédeas da sua vida.

 

Isso vale para sua vida emocional também! Construa relações saudáveis, e para isso é preciso cuidar das suas emoções.

Você também é responsável pela maneira como você se relaciona com o outro. Não seja uma armadilha emocional para ninguém, pelo contrário, permita que o outro também desenvolva sua autenticidade e seja livre para fazer as suas próprias escolhas.

 

Não sabe por onde começar?

 

Isso acontece. Ás vezes sabemos que precisamos de uma mudança, porém não sabemos por onde começar. Se você se identificou  com o  que foi dito, e percebe que precisa de ajuda, saiba que um processo de psicoterapia pode ajuda-lo.

Um psicólogo pode orientá-lo nesse processo de autonomia emocional. Investir em si mesmo é uma maneira de reconhecer o seu valor como pessoa.

Acredite no seu potencial e invista na sua independência emocional.

 

 

 

Deixe o seu comentário!*

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. LEIA OS TERMOS DE USO.

  • Especialidades

  • Pais e filhos

  • Autoconhecimento

  • Projetos

  • Contato

  • Adriana Fernandes da Silva
    CRP 04/39812

     

    Tel.: |31| 9 9722-0257

     

    Rua dos Guajajaras, 880
    sala 1701
    Lourdes
    Belo Horizonte – MG

     

    ATENDIMENTO

    Quintas-feiras
    das 08:00 as 12:00 e das 13:30 as 18:00.
    Sextas-feiras
    das 14:00 as 17:00.

     

     

  • Redes sociais

  • Facebook
  • Nome
    E-mail
    Telefone
    Mensagem

    Copyright © 2017-2020 - Psicóloga Adriana Fernandes